fbpx

É por isso que os conflitos no seu relacionamento acontecem o tempo todo

por | jun 8, 2021 | análise corporal | 0 Comentários

Um dos principais motivos do seu relacionamento amoroso não estar indo bem é porque:

Você está tentando juntar duas peças que você não conhece direito.

E eu não estou falando que são duas peças que não se encaixam, estou falando que são duas peças que você não conhece bem.

E quando eu digo “não conhece bem”, vamos substituir isso por: peças que você não sabe direito como funcionam.

Sempre que eu atendo alguém com dificuldade e conflitos no relacionamento, ou quando eu atendo um casal, a primeira coisa que eu faço é mostrar o quanto as pessoas não tem clareza sobre como e porquê a sua mente e as suas emoções funcionam daquele jeito. 

Se você não sabe como você funciona, como você pode querer que o outro mude, ou melhor, como você pode esperar que o outro te atenda?

Eu posso te garantir uma coisa, metade dos problemas e conflitos do seu relacionamento não precisam existir, e no momento em que você descobrir quais das 5 sensações básicas do seu sistema são mais sensíveis, você vai parar de exigir muito do seu parceiro e da sua parceira, e melhor, depois disso você vai poder acessar o seu par respeitando as 5 sensações básicas no sistema nervoso dele.

As cinco sensações básicas registradas no nosso sistema nervoso que a nossa mente cria formas de evitar são:

  1. Rejeição,
  2. Abandono,
  3. Manipulação,
  4. Humilhação,
  5. Traição.

A verdade é que a nossa mente foi programada para evitar ressentir essas sensações, que em alguns momentos aqui eu vou chamar de dores, ok?

E por que eu uso a expressão “evitar RESSENTIR” essas dores?

Porque você já sentiu com muita intensidade quando a sua mente e o seu corpo estavam se formando. E observe que aqui eu começo a colocar o seu corpo na nossa conversa porque é o formato dele que nós vamos utilizar para entender como a sua mente funciona e como o seu sistema nervoso está programado.

Isso porque, tanto o seu corpo quanto a sua mente, foram formados durante o processo de mielinização  na sua primeira infância.

COMO ISSO TUDO PODE ESTAR AFETANDO A SUA VIDA AMOROSA?

Talvez a pergunta mais interessante fosse: como será que isso pode salvar a sua vida amorosa?

Vai ficar muito fácil parar de criar ou de alimentar um problema que você não precisa ter no seu relacionamento, mas que hoje você só tem por não saber como a sua mente e as suas emoções funcionam.

O que eu quero que você entenda neste momento:

1 – Tem coisa que você sente que não é culpa da pessoa que está do seu lado. Você sente porque o seu sistema nervoso está programado assim e quando você não consegue evitar essa sensação de rejeição, abandono, manipulação, humilhação e traição, você vai descontar em alguém e o como o seu parceiro ou a sua parceira é a pessoa mais próxima, a culpa acaba caindo sempre nela e aí os problemas começam. Esse peso extra que você vive no seu relacionamento precisa e pode sair da relação. Você não precisa jogar o peso das dores dos seus traços de caracteres no outro e nem aceitar o dele.

2 – Tem coisa que o seu parceiro ou sua parceira faz contigo que você odeia, só que ele(a) não sabe disso e na verdade você também não sabe o motivo pelo qual você reage tão mal. Por exemplo, um dos 5 traços chamado Esquizóide (eu sei, o nome é feio mesmo rs, mas é só o nome científico) não gostam de contato físico, já os orais só conseguem falar pegando.  Quando o esquizóide está se sentindo rejeitado, ele vai ficar superácido e não vai querer nem contato físico, nem visual, nem emocional… nada. E se o outro for muito oral, como você acha que ele vai se sentir? É preciso aprender a “respeitar a dor do outro” e não pegar para si. 

3 – Muitos relacionamentos vão por água abaixo em um exemplo como esse aí, só porque um lado (mais oral) se sente carente e abandonado quando o outro lado (mais esquizóide) quer se fechar um pouco na caverna dele. Só que o problema é que nem o que quer se fechar sabe que precisa disso e o motivo pelo qual precisa, muito menos o outro lado que se sente abandonado tem como saber que não é com ele, muitas vezes na boa intenção ela ainda acha que tem que se doar mais e acaba sufocando o outro.

Gente, muitos, muitos, mas muuuuuitos conflitos de casais não existiriam se cada um soubesse como a sua própria mente e as suas próprias emoções funcionam.

E por último, tem uma coisa que é muito importante que você saiba: Cada traço de caráter funciona de um jeito, cada um sente e manifesta amor de um jeito. Se você não souber como você percebe o amor, você sempre terá uma dificuldade enorme de perceber as demonstrações de amor do outro e se sentir amado ou amada.

Tem gente que explica o que sente, tem gente que demonstra com afeto, tem gente que ama dando força e suportando as dificuldades do outro, tem gente que ama negociando…

Cada traço de caráter vai manifestar e perceber amor de uma forma e um casal que não sabe como o outro demonstra e recebe amor, vai viver só o lado ruim do outro. Aí a relação fica pesada, chata, cansativa e sem sentido.

E o pior é que muitas vezes a pessoa já sofreu isso em vários outros relacionamentos que ela começa a acreditar que vida a dois é assim mesmo. Mas deixe eu te falar, não é não.

E se você gostou desse conteúdo, se identificou e se interessou pelo assunto, eu tenho um convite pra você.

Invista um tempo nisso, tenha acesso ao conhecimento sobre você e sobre o outro que você nunca tentou buscar antes e entenda o quanto de cada sensação dessa você tem registrada no seu sistema nervoso e o quanto a sua mente é sensível a cada uma delas.

Descubra o seu mapa emocional e o do seu par para que você saiba o que fazer e o que não fazer com ela. Isso vai te ajudar até para que você consiga se comunicar com o outro para pedir à ele que não faça contigo o que o seu sistema nervoso não aceita muito bem e também para você se comprometer com ele a não “pisar nos calos emocionais” que ele carrega desde o útero da mãe.

Isso vai fazer você conseguir preservar os sentimentos, as emoções e as expectativas da pessoa com quem você escolheu compartilhar a sua vida e melhor, eu te garanto que você vai encontrar pelo menos uma forma eficiente de demonstrar corretamente o seu amor e o seu zelo, tanto por ela quanto pelo relacionamento que vocês estão construindo juntos.

Esse conhecimento pode salvar a sua relação e te mostrar um caminho para ser feliz de um jeito muito mais leve, encaixando corretamente as duas pecinhas, que apesar de serem diferentes, podem perfeitamente ficar bem juntas.

E se você se identificou com o que eu trouxe aqui e se quer mais desse conhecimento você precisa saber quanto de cada um desses traços de caracteres você tem na sua mente.

A Análise Corporal é uma técnica de análise que foi desenvolvida por três pesquisadores brasileiros, fundadores do O Corpo Explica. Ela pode ser feita por fotos comuns do dia a dia, por videoconferência e ao vivo.

Eu sou uma das pessoas treinadas e autorizadas para aplicar essa ferramenta, o Mapa dos Caracteres.

Nessa análise você também vai entender um pouco mais sobre cada traço, entender quanto de cada um deles você tem e saber exatamente como a sua combinação afetou os seus relacionamentos anteriores e de como está afetando o atual.

O mais legal é que a gente faz a análise do casal separadamente e depois a gente combina o gráfico dos dois para mostrar os pontos de conflitos e os pontos de semelhança e conexão  que em geral, poucos casais usam, até por não saberem que existe.

Será um prazer te ajudar, eu te garanto que o seu relacionamento vai ficar muito mais leve, independente da fase em que vocês estiverem, isso pode ser feito com namorados, noivos e cônjuges.

Serve para quem tem filhos e para quem não tem, serve para casais héteros, para casais homossexuais… gente, isso funciona perfeitamente para qualquer tipo de relação a dois!

O mundo emocional que está registrado no seu sistema nervoso define como a sua mente funciona e revela que tipo de vida amorosa, afetiva e conjugal você está vivendo. O seu corpo é o reflexo visível do formato da sua mente.

Eu posso te ajudar a entender o que você precisa para salvar o seu relacionamento ou construir um novo e melhor do que o anterior.

Depois dessa análise suas escolhas serão mais rápidas e mais seguras e é claro, seu relacionamento será mais feliz.

Se tiver interesse em saber mais basta clicar AQUI.

Beijos,

Malu

 

 

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Sobre a Malu

Malu Paes Leme

Malu Paes Leme é Analista Corporal, Sexóloga em formação e Pesquisadora da Saúde Feminina. @malupaesleme