Sobre Malu Paes Leme

Conexão com a alimentação

Na minha infância e adolescência eu vivi muitos anos de incômodos. Tinha muitos enjôos e prisão de ventre, além de fadiga constante.

Aos 17 anos comecei a fazer Yoga e logo eu comecei a sentir como meu corpo tão jovem estava tão travado. Meu alongamento era horrível e não conseguia respirar de forma harmônica. Ou seja, praticar Yoga era um grande desafio pra mim.

Nesse mesmo ano eu fui a um encontro sobre “Alimentação na história da humanidade”, e logo de cara fui apresentada à medicina chinesa por uma incrível palestrante. Meus olhos brilharam! Foi incrível descobrir como tudo está interligado dentro do nosso corpo (micro) e fora do nosso corpo (no macro) e como a alimentação diária tem uma contribuição muito importante para tudo funcionar de forma mais harmônica.

E eu mudei. Comecei por mim.

Adentrei no vegetarianismo e nas muitas pesquisas por uma real qualidade de vida que contribuísse também para a saúde do planeta como um todo.

E esse início da minha caminhada foi de encontro à uma grande necessidade na época: aprender a cozinhar refeições vegetarianas no dia a dia.

E nesses cursos e nas minhas práticas diárias no preparo do meu alimento uma conexão maior começou a acontecer, e fui me apaixonando pela culinária, por inventar, reinventar e criar pratos bonitos aos olhos e com valor nutricional biodisponível.

Ao mesmo tempo que desenvolvia a arte da culinária (que descobri ser uma paixão), fui pesquisando cada vez mais sobre saúde, sobre alimentação, sobre nutrição, sobre estilo de vida, sobre o poder da mente, sobre sustentabilidade, sobre autoconhecimento…

Um novo mundo se abriu para mim. E eu me apaixonava cada vez mais por ele, por sentir verdadeiramente os benefícios dessa nova escolha, e como tudo isso tinha um impacto positivo no meu mundo interior e no mundo exterior. 

A paixão foi tanta que amigos próximos perceberam e começaram a me pedir aulas.

E ali começou uma das minhas missões que é ensinar as pessoas de forma fácil e despretensiosa como podemos nos conectar com os alimentos de verdade no dia a dia no preparo das nossas refeições. 

A partir dali, ministrei (e continuo ministrando) muitas aulas, workshops, cursos e palestras ensinando pessoas pelo brasil e pelo mundo como se reconectar com os alimentos de verdade dentro da proposta de uma alimentação inteligente e plant based, além de ter publicado meu primeiro livro chamado “Alimentação Inteligente – da Teoria à prática” pela editora Mauadx e Inverde.

Conexão com a terra

Eu e meu marido fizemos a formação em Permacultura e depois de um tempo decidimos sair da cidade grande para praticar de fato o que havíamos aprendido.

Fomos morar na fazenda da família e começamos a plantar nossa comida através da agricultura sintrópica – um sistema super inteligente de agricultura que respeita e cria ecossistemas de abundância, harmoniosos e saudáveis no plantio do nosso alimento, e  com isso, fomos nos conectando cada vez mais com essa abundância da vida, da natureza e de todo esse ecossistema que vivemos.

Passamos 1 ano e meio morando lá até que sentimos o chamado de ir morar perto do mar, porém onde pudéssemos continuar a viver uma vida mais tranquila, com qualidade para nós e para nossos filhos. E que, claro, pudéssemos continuar plantando.

Conexão com o mindset

Com 12 anos eu descobri um livro chamado “O poder infinito da sua mente” do Lauro Trevisan, que mudou realmente a minha consciência sobre o poder que a mente tem e como podemos treiná-la a nosso favor.

Porém, só anos depois de iniciar a minha caminhada em um estilo de vida e alimentação saudável que realmente eu me reconectei novamente com esse livro e com o poder da minha mente e comecei a querer potencializar isso para o meu próprio bem para depois poder ajudar outras pessoas também.

Fiz a formação em Coaching pelo IJC e a partir dali eu integrei muito do que eu já vinha descobrindo e vivendo ao longo de toda a minha vida. Foi intenso e transformador.

Reuni toda minha experiência ao longo de mais de 10 anos trabalhando com saúde e alimentação saudável, e comecei a atender como Health Coach potencializando meu trabalho/missão de ajudar a empoderar mulheres nesta integração corpo/mente/espírito.

Conexão com o meu feminino e a maternidade

Depois da maternidade e de parir meus dois filhos de forma natural e humanizada, eu descobri meu verdadeiro poder como mulher.

Eu descobri um caminho lindo de autoconhecimento verdadeiro e transformador na maternagem.  Me informei e me empoderei para o meu parto humanizado e domiciliar, para amamentação em livre demanda e para a criação dos meus filhos com consciência. E tudo isso me fez ir de encontro com as minhas sombras, com as minhas crenças limitantes, com meus padrões.  Me senti tendo a oportunidade e a responsabilidade de ressignificar tudo isso e seguir uma vida mais leve e integrada.

Descobrir a mulher selvagem que habita em mim e que veio com tudo na experiência de dar à luz aos meus dois filhos, além da consciência do poder da minha menstruação, foi fundamental para eu me sentir mais potente e querendo ajudar outras mulheres e mães também a ascenderem essa chama dentro de si.