Onde você consegue sua proteína numa dieta à base de alimentos de origem vegetal?

Primeiro que se você tá acompanhando meus posts (tanto aqui no blog, quanto no meu instagram: @malupaesleme), sabe que uma alimentação plant based não é necessariamente vegana. Ou seja, você pode ter uma alimentação que tem a base (ou o maior consumo) de alimentos de origem vegetal, porém pode adicionar alguns alimentos de origem animal em menores quantidades.

Então, tanto para as pessoas que querem ter uma alimentação plant based e vegana e as que querem consumir o mínimo possível de alimentos de origem animal, a desmistificação da proteína é necessária. É um grande mito que a indústria, a agropecuária e a indústria farmacêutica quiseram que você acreditasse, pois isso lhes dá muito lucro. Mas, a sua saúde….

Proteína animal em excesso é um tiro no pé, ou melhor, no coração. Entope as artérias, é difícil de digerir, torna o corpo mais acidificado…principalmente os que vem da indústria cruel que cria animais doentes.

Então, nada melhor do que abrir a mente para a variedade de fontes protéicas de origem vegetal para você adicionar na alimentação do dia a dia! 🙂 Veja algumas opções indicadas pela @nathaliaguimaraes_nutri (mas tem muito mais!):

Feijão preto – 1 xícara equivale à 12g de proteína

Lentilha – 1 xícara equivale à 9g de proteína

Sementes de abóbora – ¼ de xícara equivale à 9g de proteína

Grão de bico – 1 xícara equivale à 12g de proteína

Pasta de amendoim – 2 colheres de sopa equivale à 10g de proteína

Castanha de baru – 30g equivale à 7g de proteína

Temphê (soja fermentada) – 120g equivale à 22g de proteína

No Starter Kit Alimentação Plant Based  você vai aprender direitinho sobre todos os alimentos de origem vegetal que você precisa adicionar no seu dia a dia para uma nutrição maravilhosa!

Em breve, reabrirei as inscrições para o StarterKit Alimentação Plant Based, deixe seu e-mail na lista de interesse para acompanhar as novidades do lançamento! Inscreva-se AQUI.

Um grande beijo!

Malu