Hoje é o famoso dia da mentira.

E eu gostaria de te trazer uma reflexão nesse dia de hoje.

O dia da mentira vem como uma boa forma da gente tomar consciência das mentiras reais que a gente vem dizendo para nós mesmas a tanto tempo.

O quanto você diz pra você que não é boa o suficiente?

Há quanto tempo você diz pra você mesma que não é possível viver os seus sonhos?

Há quanto tempo você acredita que é burra em certas áreas?

Quem disse que você não pode ganhar muito dinheiro com o que você ama fazer?

Quem disse pra você e você acreditou que você não dança ou canta bem?

Quais foram todos os compromissos que você firmou com você mesma através do que disseram pra você e que você vem carregando como uma “verdade”, mas que no fundo não te ajudam a expressar quem você realmente é quer viver?

Don Miguel Ruiz diz: “Simplesmente ser quem somos – isso é o nosso verdadeiro medo. Aprendemos a viver a nossa vida tentando satisfazer as expectativas alheias. (…) Por causa do receio de não sermos aceitos e de não estarmos à altura do que esperam de nós. (…) Não sendo perfeitos, rejeitamos a nós mesmos.(…) Sabemos que não somos quem deveríamos ser e, portanto, nos sentimos falsos, frustrados e desonestos.”

Ou seja, precisamos sair dessa mentira que compramos, que acreditamos, onde a gente se comprometeu verdadeiramente, e de fato não está trazendo uma sensação de verdade, de realização. Afinal, como eu posso me sentir realizada se ainda não consigo SER quem eu SOU de verdade? Como posso me sentir segura, se não consigo expressar minha essência sem achar que vou ferir alguém?

Vamos parar de achar que somos a ovelha negra da família, e sentir que somos diferentes sim com muito orgulho e queremos e devemos viver nossa vida na verdade. Quanto mais eu vivo a minha verdade, mas eu me realizo, e mais eu me sinto alegre, potente e incrível.

Bom dia e início de semana para vocês com essa reflexão tão importante para nossas vidas!

Beijos,

Malu